Dezembro 8, 2017

Mensagem do Mês

 

A Igreja, tradicionalmente dedica o mês de Junho à devoção ao Sagrado Coração de Jesus. As aparições de Jesus a Santa Margarida Maria Alacoque (1647/1690) muito contribuíram para esta devoção. O coração trespassado de Cristo tornou-se o ícone mais expressivo da história da salvação que é uma proposta de amor e de misericórdia. Esta devoção ao Sagrado Coração de Jesus nasceu para despertar nos nossos corações a fé no amor de Deus que dá serenidade à nossa vida diária: todos e cada um de nós somos amados através da cruz de Cristo. E como recorda o Papa Francisco, “entrar na lógica de Deus, é entrar na lógica da cruz, que não é em primeiro lugar a da dor e da morte, mas do amor e do dom de si que dá vida”.

Fixar o nosso olhar no Coração de Jesus Cristo, significa frequentar a Sua escola para aprender cada vez mais o primado da graça e a pedagogia da santidade, a generosidade do serviço, a espiritualidade da comunhão, a magia da partilha e a paixão missionária. Só com este mestre, seremos “discípulos missionários”…

Contemplação do amor de Deus e partilha afectiva e real: dois desafios que o Coração de Jesus reuniu inseparavelmente dentro de si e que nenhum cristão autêntico poderá separar. A fé em Cristo, nosso único Salvador e o empenhamento pela civilização do amor, são a marca distintiva de todo o coração humano que queira ser semelhante ao coração de Jesus Cristo.

“Jesus manso e humilde de coração. Fazei o meu (nosso) coração semelhante ao Vosso”!